24 maio, 2017

Lançamento DEVIR: Shenzhen - Uma Viagem à China

A DEVIR preparou uma  mão-cheia de lançamentos para este período, prometendo inundar de novidades o Festival de Beja.

GUY DELISLE é um autor já conhecido dos leitores portugueses pelo olhar critico e irónico que revela nas suas crónicas de viagem que apresenta sobre a forma de registos gráficos. "Pyongyang" (DEVIR, Julho de 2015) foi a estreia deste autor entre nós. Segue-se SHENZHEN.

SHENZHEN
Em Shenzhen, Guy Delisle tenta compreender os costumes de uma sociedade, durante o curto período de tempo em que trabalha na cidade e limitado à pequena área que lhe é permitido visitar.
A sua observação perspicaz e divertida expõe os dias monótonos, as dificuldades causadas pela barragem da língua e choque de culturas, através de ilustrações detalhadas e cheias de charme, a que um jogo de luzes e sombras acrescenta significados.

O livro terá lançamento oficial em Beja, Sábado dia 27, às 14h45 com Ana Lopes (gestora de edições) e Rui Santos (editor).

Ficha técnica:
SHENZHEN - Uma Viagem à China
De GUY DELISLE
FORMATO: 180x210 mm • 152 páginas a preto
ISBN: 978-989-559-380-4 • EAN: 9789895593804
PREÇO: €21,99 PVR
EDIÇÕES DEVIR, Maio 2017




23 maio, 2017

Lançamento POLVO: Lugar Maldito

No caminho para o Festival de Beja encontramos este "Lugar Maldito", de André Oliveira e João Sequeira, os mesmos autores do livro "Tormenta", que mereceu, em 2016, a João Sequeira, o Prémio Nacional de BD de “Melhor Desenho para Álbum Português”.

“Lugar Maldito” é descrito como uma BD de terror à portuguesa, passada no Alto Douro. Porque os demónios, é sabido, também lá moram.

LUGAR MALDITO
Nunca vos contaram do rapaz de carvão?
Tantas, tantas histórias…
Daquelas que escapam ao entendimento e flutuam na memória, às vezes durante toda uma vida.
Samuel e Maria estão em fuga. De tudo, de todos e até de si próprios. Assombrados pelo amor proibido que é o seu, decidem refugiar-se no sítio mais improvável: uma casa antiga, situada numa clareira de silêncios e caretos vigilante.
Entre o pó do carvão, inundada pelo cheiro a sangue e a cinzas, nada vai ser como dantes.

"Lugar Maldito" terá apresentação oficial no XIII Festival Internacional de Banda Desenhada de Beja, dia 27 de Maio (Sábado), às 14h30, no Cine-Teatro Municipal Pax Julia, com a participação dos autores e do editor, Rui Brito. A sessão de autógrafos será das 18h00 às 19h30.

Ficha técnica:
Lugar Maldito
Argumento de André Oliveira e desenhos de João Sequeira
Cartonado, 25 x 17,5 cm, 96 pág., p/b,
ISBN 978-989-8513-64-9
PVP: €12,90 (IVA inc.)
POLVO, Junho 2017

22 maio, 2017

Colecção SALVAT Graphic Novels MARVEL: V43 - ULTIMATE HOMEM-ARANHA: A Morte do Homem-Aranha

A provar que os super-herois também morrem, temos nas bancas o volume 43 da Colecção Salvat Graphic Novels Marvel, que nos traz precisamente a história da morte do Homem-Aranha, ainda que aconteça no universo ultimate da Marvel. Ultimate Homem-Aranha foi uma das mais ousadas experiências da Marvel, concebida por Bill Jemas e Joe Quesada, à qual o argumentista Brian Michael Bendis e o artista Mark Bagley deram forma ao longo de muito tempo: planeada para ser uma série limitada que atualizasse as origens do Aranha para a idade moderna, acabou por tornar-se em muito mais que isso. Ao longo dos seus 10 primeiros anos, Ultimate Homem-Aranha reinterpretou grande parte do elenco da série original – tanto vilões como aliados – e introduziu uma série de novos conceitos. No entanto, depois de mais de 150 números, tinha chegado a hora do Ultimate Peter Parker pendurar os seus lança-teias. E a história com que os autores decidiram tornar isso em realidade, foi uma história da morte do Aranha...

ULTIMATE HOMEM-ARANHA: A MORTE DO HOMEM-ARANHA
Seis dos mais perigosos inimigos do Homem-Aranha - Norman Osborn, o Dr. Otto Octavius, Electro, Kraven o Caçador, o Homem-Areia e o Abutre – escaparam à custódia da S.H.I.E.L.D. Unidos pelo seu ódio ao Aranha, este grupo sinistro está determinado a fazer Peter Parker pagar por todas as derrotas que ele lhes infligiu. E com as pessoas que ele mais adora na mira dos vilões, o Homem-Aranha poderá ter de fazer o derradeiro sacrifício para deter os criminosos de uma vez por todas.

Mas embora o destino de Peter estivesse determinado, isso não significava necessariamente o cancelamento do título Ultimate Homem-Aranha. Longe do olhar dos fãs, um novo herói estava à espera nos bastidores, pronto para assumir as responsabilidades do Aranha (alguém que o leitor irá descobrir num próximo livro, no volume 52 desta coleção). Mas por agora, é hora de nos despedirmos de Peter Parker, que vai aprender uma lição final e desoladora sobre poder e responsabilidade.



Este volume reúne os números 153 a 160 da revista Ultimate Spider-Man (vol. 1) e inclui um dossier sobre o escritor e o desenvolvimento da história, e uma extensa galeria de capas.

Ficha técnica:
Colecção Oficial de Graphic Novels Marvel
Volume 43: ULTIMATE HOMEM-ARANHA: A Morte do Homem-Aranha
Argumento de BRIAN MICHAEL BENDIS, arte de David LaFuente e Mark Bagley
Capa dura, 208 pags, cores
PVP: €11,99



21 maio, 2017

O Nascimento de um Super-Herói


Hoje dou aqui nota do nascimento de um novo super-herói português. O talentoso autor Daniel Maia foi o convidado do Colégio St. Peter's International School, para celebrar o Family Day, o evento anual de maior significado do colégio.

Com a temática do ano lectivo 2016/2017 a incidir sobre o universo de super-heróis,  o Daniel Maia ficou encarregado de dar um toque português a esse universo.

Assim, nasceu o SUPER-PETER! Um herói que personifica os valores e valências por que se rege o colégio. De agora em diante, esse herói passa a ser a mascote do estabelecimento para matérias relacionadas com educação e promoção de projectos. Em suma, é o primeiro herói educativo de banda desenhada português

A BD, auto-conclusiva, com o nascimento do paladino português foi editada no formato de comic-book de 8 páginas, com uma tiragem de 1000 exemplares, com distribuição por alunos e pais do concelho de Palmela e região de Setúbal.

A história foi escrita por Sérgio Franclim, com Diogo Simão como editor, cores digitais por Nimesh Morarji (capa) e Pedro Serpa (contracapa), e tons cinzentos digitais nas páginas interiores por Nimesh Morarji, Pedro Serpa e William Borges. O design e contracapa esteve a cargo de Oriana Sousa.

19 maio, 2017

Colecção AIRBORNE 44: V4 - Destinos Cruzados

Hoje em distribuição pelas bancas temos o quarto volume da Colecção Airborne 44. Este álbum fecha o segundo ciclo desta série.

4 - DESTINOS CRUZADOS
Alguns dias depois do desembarque das tropas aliadas nas praias normandas, Gavin Jentro encontra o rasto de Joanne Delançay, a mulher que amou anos antes. Para seu desgosto, o que ele vê é o túmulo com os seus restos mortais, pois foi morta no dia 28 de Abril de 1944. Profundamente amargurado, não tem outra alternativa que não seja juntar-se ao seu regimento, o 116º, e envolver-se na ofensiva em território francês contra os alemães. Ao longo dos dias que se seguem, Gavin vai ser testemunha da morte de vários dos seus camaradas de armas e amigos. Descobre o horror da guerra e a face da morte omnipresente, uma realidade que atinge o paroxismo quando mata um jovem soldado alemão. Mas algo de decisivo acontece naquele dia 19 de Julho de 944, quando o sargento Gavin Jentro vai render os seus companheiros que montam guarda numa cidade em ruinas e alguém o chama pelo seu nome próprio...

Ficha técnica:
Colecção Airborne 44
Volume 4 - Destinos Cruzados
Argumento e desenho de Philippe Jarbinet
Capa dura, dimensões: 23,5 x 31,2 cm, cores
Preço: € 8,90
Edição ASA

18 maio, 2017

Lançamento VERBO: O Mundo de Garfield | 1978 – 1983

Ele é o gato laranja mais famoso do mundo. Ele é o gato mais sarcástico do mundo. Ele é o gato mais preguiçoso do mundo. Ele é o gato mais.... e está quase a chegar a Portugal.

GARFIELD, que em 2018 comemora 40 anos de publicação, surgiu depois do seu autor Jim Davis ter visto uma tira sua sobre um insecto recusada. A alternativa foi criar um gato gordo que recebeu o nome em homenagem ao avô do autor, James Garfield Davis. A publicação da tira, pela primeira vez a 19 de Junho de 1978, foi feita em 41 jornais dos Estados Unidos.

O Mundo de Garfield, 1978 – 1983, para além de coligir num único volume, a preto e branco e por sequência cronológica, as tiras originalmente publicadas durante os primeiros cinco anos e meio da vida de Garfield, conta ainda com artigos que permitem ao leitor acompanhar o percurso de um gato sarcástico e preguiçoso, cujo sucesso é indesmentível.

O MUNDO DE GARFIELD 1978 - 1983
Quem não conhece Garfield, esse gato redondinho (nunca lhe chamem gordo!) e cor de laranja que nasceu na cozinha de um restaurante italiano? Preguiçoso e guloso, adora comida italiana (e não só!), não perde uma boa sesta, odeia as segundas-feiras, é avesso a passas e a dietas, tem nojo de caçar ratos, detesta despertadores e, sobretudo, tem um constante e adiado ajuste de contas (e de peso) com a balança.

Ficha técnica:
O Mundo de Garfield 1978 - 1983
de Jim Davis
Capa dura, 600 páginas, preto e branco
ISBN: 978-972-22-3176-3
PVP: € 37,95
Editora BABEL (Chancela VERBO)

© Paws. All rights reserved

16 maio, 2017

A Comix 199 chegou às bancas!

Chegou hoje às bancas a edição 199 da Disney COMIX. Quase a atingir a marca das duas centenas de edições em português, a capa desta semana presta homenagem a um clássico da 7ª arte, ao qual foi roubar o título e a inspiração: Metrópolis! Se nunca tiveste a oportunidade de ver esta obra-prima do realizador alemão Fritz Lang no cinema ou na TV, fica aqui mais uma hipótese de viveres a história de um dos primeiros filmes de ficção-científica de sempre! Aventura, drama e romance não vão faltar!

E outro dos grandes motivos de interesse desta revista é o autor italiano Paolo Mottura. O desenhador responsável pela história Metrópolis, é um dos convidados do próximo Festival de Banda Desenhada de Beja (conforme anunciado ontem), com direito a exposição sobre a sua obra.

ÍNDICE
05 Metrópolis
76 Piadas
78 Homenagem a Fellini
81 Donald… namorado telegénico
99 Donald e Peninha – Agentes fermentantes
125 Tio Patinhas – Um encontro escaldante


15 maio, 2017

Já há programação para o XIII Festival de BD de Beja


Já saíram as novidades sobre o XIII Festival Internacional de BD de Beja (FIBDB). Toda a informação, desde das exposições aos autores, passando pela programação, está desde hoje disponível no sitio oficial do festival:

www.festivalbdbeja.com

O FIBDB realiza-se este ano entre os dias 26 de Maio e 11 de Junho, abraçando exclusivamente o Centro Histórico da cidade e em especial o Largo do Museu Regional, epicentro desta Festa da BD.

No total são 18, as exposições patentes ao público, e 10, os países representados, da Argentina à Dinamarca, passando por Angola e pela Roménia.

Em termos de autores presentes, podemos contar com:
Anne-Caroline Pandolfo / Terkel Risbjerg / Artur Correia / Daniel Maia / Susana Resende / Flávio Luiz / Grazia La Padula / Jorge Coelho / Judith Vanistendael / Junilson Faria Mergulhão, Lindomar de Sousa e Olímpio de Sousa (Artistas de Angola) Paolo Mottura / Pasqual Ferry / Pedro Cobiaco / Pedro Manaças / Pedro Morais / Rafael Coutinho / Ricardo Venâncio / Sofia Neto / Valentin Tanase (Vinhetas da Roménia).

O primeiro fim-de-semana (26, 27 e 28 de Maio) reunirá grande parte dos autores representados nas exposições.

Fica aqui o programa de festas de Abertura do Festival:

DIA 26 DE MAIO, SEXTA-FEIRA

21H00 - Inauguração no Pax Julia - Teatro Municipal.
  • Lançamento do Splaft! - Catálogo do Festival n.º 13 (Bedeteca de Beja), com vários autores.

21H15 - Visita às exposições.
  • No Pax Julia - Teatro Municipal – Anne-Caroline Pandolfo & Terkel Risbjerg, Artistas de Angola, Grazia La Padula, Jorge Coelho, Juan Giménez, Judith Vanistendael, Pedro Cobiaco, Rafael Coutinho, Ricardo Venâncio e Sofia Neto.
  • Na Galeria do Largo de São João – Artur Correia, Paolo Mottura e Pedro Morais.
  • No Museu Regional de Beja – Flávio Luiz.
  • Na Galeria da Rua dos Infantes - Museu Regional de Beja – Vinhetas da Roménia.
  • Na Galeria da Rua das Lojas – Pedro Manaças.
  • Na Galeria dos Escudeiros – Daniel Maia e Susana Resende e Pasqual Ferry.

14 maio, 2017

Lançamento AVE RARA: Living Will - Livro 6

No caminho para o Festival de Beja encontramos um novo lançamento. É o regresso de LIVING WILL, um projecto do argumentista André Oliveira, totalmente escrito em inglês, que vê agora o seu sexto capitulo, após uma demorada ausência.

A responsabilidade pela arte tem sido repartida entre o talento da Joana Afonso e do Pedro Serpa, que regressa depois de ter assinado o capitulo quatro.

A apresentação terá lugar no FIBDB, dia 27 de Maio, em hora por definir.

LIVING WILL - Livro 6
Nem sempre a aproximação do fim é sinónimo de resolução. O relógio não pára por ninguém e o desfecho é, para todos, inevitável. No entanto, nesta corrida contra o tempo, contra a angústia de terminar sem honra, sem sossego e sem dignidade, é ainda maior o desespero quando as coisas só parecem tornar-se ainda mais complexas e impossíveis de resolver. Terry quis ser um herói desde sempre, desde a infância passada num orfanato. Hoje, enfrenta a sua maior batalha, procurando salvar a vida daqueles que mais ama, num derradeiro duelo contra um inimigo letal: a injustiça. Ele e Will têm, agora e mais do que nunca, algo em comum: o mesmo sentimento de impotência. E Betty, a apresentadora de televisão começa a perceber que talvez nunca vá conseguir ficar em paz.

Ficha técnica:
Living Will - Livro 6
De André Oliveira e Pedro Serpa
Capa mole, 16 pags, duas cores
PVP: € 2,95
Editora AVE RARA






13 maio, 2017

Lançamento ESCORPIÃO AZUL: Beirão

Entramos em contagem decrescente para o Festival de BD de Beja, que acontece no final deste mês, e começam a surgir as novidades que terão a sua apresentação oficial durante o festival. E esta é uma dessas novidades.

O Beirão, é o título do segundo livro do português Rafael Sales, e é a nova aposta da Escorpião Azul, a mais recente editora nacional de banda desenhada.

BEIRÃO
Há anos atrás o povo dizia que o mundo ia acabar em 2000. Não acabou, mas algo aconteceu… Houve mudanças. A vila de Castendo, no interior de Portugal tornou-se mais agitada no que toca ao crime. É nessas alturas que surge um vigilante. Alguém decidido a travar os criminosos que pensam conseguir escapar à justiça. Na pequena vila de Castendo, a esse herói é dado o nome de… Beirão!

Ficha técnica:
BEIRÃO
De RAFAEL SALES
Capa mole, dimensão 23 x 16 cm, 48 pags, p&b
ISBN 978-989-99800-3-7
PVP: € 9,00
ESCORPIÃO AZUL


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...